Sem Respostas


Estava aqui pensando na vida e decidi escrever. Já sei que você pensou que eu não sou muito boa nisso. Realmente, eu não sou! Mas tem tanta coisa na minha cabeça, e no meu coração, que eu preciso pôr para fora de alguma forma.

Sim! Eu já tentei chorar, mas não funcionou muito bem. Então deixa eu escrever aqui. Afinal foi para isso que eu criei esse blog, para desabafar!

Desde o ano passado que a minha vida vem mudando de uma forma tão louca que não consigo acompanhar cada coisa que vem acontecendo. Me mudei, perdi meu emprego, criei esse blog, arrumei dois outros empregos e perdi, porque não gostei. Perdi minha mãe, que era minha melhor amiga e também a pessoas que mais amava na vida, sofri, sofri. Entrei para a faculdade, entrei e já sai para um curso de web design. Me casei, viajei para búzios. Fui para alguns encontros de blog, conheci pessoas, me animei e desanimei muitas vezes com o blog, criei um canal no YouTube.... Enfim, tantas coisas acontecendo, mas mesmo assim sinto que minha vida está parada, estacionada por exatamente dois anos. Como pode?

Não sei explicar exatamente o que é que se passa, mas tem alguma coisa errada. Ou é com o tempo, ou é comigo! Eu só gostaria de descobrir onde está o erro.

Sei que isso tudo, parece uma loucura sem fim da minha cabeça. Talvez eu mesma querendo me trollar e me dar motivos para não seguir em frente. Sim, eu já fiz isso muitas vezes! Mas um juro que dessa vez tenho feito o impossível para tentar viver bem. Para tentar seguir com esse vazio que sinto no peito. Me falaram que ele ia passar, mas ele só aumenta.

E esse vazio não está crescendo só pela saudade que sinto da minha mãe. Não! Quando ela se foi ele já existia, só fez foi aumentar mesmo. É claro que a saudade que sinto dela, faz ele crescer de tamanho a cada dia. Isso é fato! Mas tem outras coisas também.

Ficar esses quase dois anos diretos só dentro de casa, está mexendo um pouco com a minha cabeça. Sabe eu sempre fui de trabalhar, desde adolescente. Sempre fui muito independente de tudo, até da minha mãe.

Tá! Eu estou em casa, porque decidi procurar alguma coisa que eu goste de fazer. Afinal, não gostava dos meus empregos anteriores.

Descobri algumas coisas que eu gosto de fazer, muitas até. Mas estou tentando e não estão dando certo. E isso está mexendo muito comigo! 

Será que estou fazendo errado? Será que não é para mim? Será que mereço ser feliz? Será que realmente é isso? Será que não e só eu me enganando de novo? Fico me fazendo essas perguntas, mas não consigo ter nenhuma resposta exata, como SIM ou NÃO para elas.  
  

Rachel Domingos.

Você também pode gostar:

1 comentários

  1. Talvez a forma como você tem olhado para vida esteja errada. Como você mesmo falou, não está parada, tem muita coisa acontecendo. Tente só tirar o melhor de cada momento. Você passa muito tempo em casa então aproveita para fazer as coisas mais legais que pode fazer porque se tem tempo. Óbvio não dá pra viajar e sair direto pq não se tem dinheiro pra isso. Mas tenta rever sua rotina. Se curtir mais sozinha, já que vc fica muito tempo sozinha. Tenta acordar de manhã e ir ouvir música fazendo caminhada. Frequente algum grupo da igreja. Você vai conhecer pessoas, ocupar seu tempo e claro, buscar Deus (muitas vezes a gente não tem esse tempo). Tente criar uma rotina de coisas que te fazem bem. Ficar na internet o dia todo realmente não te trazer prazer.
    E pode contar comigo. Fica bem! Te amo.

    ResponderExcluir

Já deixou seu comentário? Eu vou amar!